Produção sustentável

A BP está convicta de que, se produzidos com processos e as tecnologias certas, os biocombustíveis podem contribuir para a redução das mudanças climáticas

A discussão sobre a sustentabilidade dos biocombustíveis vem atraindo muita atenção nos últimos anos. Há dúvidas se a utilização de terra para o cultivo de biocombustíveis prejudicará a oferta de alimentos; se as matérias-primas dos biocombustíveis contribuem para a falta de água ou causam a erosão do solo; ou ainda, se o aumento do seu consumo produzirá reduções realmente significativas nas emissões de gases do efeito estufa. 

A BP está convencida de que, se produzidos corretamente, os biocombustíveis podem contribuir para a redução das mudanças climáticas sem afetar a oferta de alimentos. Também acredita que eles podem provocar impactos positivos ainda mais amplos. Por exemplo, o cultivo das matérias-primas agrícolas pode ser um estímulo para a introdução de melhores habilidades e técnicas agrícolas à prática comum – principalmente em partes do mundo onde a produtividade das plantações de alimentos é normalmente baixa. 

É por isso que, como testemunhas do crescimento da demanda mundial por energia e, em paralelo, da necessidade de redução da emissão de gases do efeito estufa, acreditamos no potencial dos biocombustíveis para o cumprimento da missão da BP de fornecer energia para o mundo de forma segura e responsável.  

Nosso comprometimento com a sustentabilidade

O sucesso da nossa produção de biocombustíveis depende da integração de práticas sustentáveis em nossas operações – fundamental para mantermos nossa licença para operar. É fazendo escolhas certas em relação à geografia, tecnologia e cultivo que mantemos nossa posição como empresa que prima pela sustentabilidade. 

Sabemos que um negócio sustentável de biocombustíveis exige gerenciamento contínuo e efetivo das questões-chave relativas às operações. Isso inclui proteger ecossistemas, minimizar impactos negativos no ambiente e nas comunidades, usar recursos naturais sem esgotá-los, reduzir emissão de gases do efeito estufa, respeitar os direitos dos trabalhadores e das comunidades e fornecer condições seguras de trabalho. 

Trabalhamos com afinco para desenvolver a próxima geração de biocombustíveis, com princípios de sustentabilidade incorporados em todas as etapas da nossa estratégia. Utilizamos os melhores biocomponentes e desenvolvemos matérias-primas que minimizam o impacto na cadeia alimentícia. Também investimos em tecnologia de ponta para produzir biocombustíveis avançados com menor emissão de carbono a partir de materiais não comestíveis, como bagaço e gramíneas. 

Certificações

Nossas três operações de biocombustíveis no Brasil conquistaram a certificação do governo brasileiro para padrões trabalhistas, sendo a Tropical uma das primeiras do mundo a receber o SA8000, um padrão internacional de responsabilidade social. Também temos a certificação Bonsucro, a primeira baseada nos impactos da produção de cana-de-açúcar, que inclui critérios ligados aos impactos nos direitos humanos e no meio ambiente. Agora, estamos trabalhando para obter a Bonsucro em todas as usinas do Brasil.