Ambiente e Energia

O conhecimento da BP do setor energético nacional é um capital ao serviço do País

O conhecimento da BP do setor energético nacional, acumulado em mais de oito décadas de operação em Portugal, e o seu envolvimento ativo neste mercado, onde se posiciona como um dos principais players, é um capital que pode e deve ser utilizado pelo País para ultrapassar os seus desafios na área da energia e do ambiente e ir ao encontro das metas estabelecidas a nível europeu para estes setores. 
Ciente deste legado, e enquanto empresa socialmente responsável, a BP tem-se envolvido em inúmeros projetos nestas duas áreas como forma de contribuir para o progresso do País.

Fundação Mata do Buçaco

A BP Portugal mantém desde 2013 uma parceria com a Fundação Mata do Buçaco que se traduz na doação de combustível para o uso dos equipamentos florestais necessários para dar continuidade ao projeto de recuperação, requalificação e revitalização, gestão, exploração e conservação de todo o património, natural e edificado, da Mata Nacional do Buçaco. 

Esta parceria tem permitido à Fundação dar continuidade à sua missão de preservar o património que integra a Mata Nacional do Buçaco mas também desenvolver as suas diversas potencialidades, tendo como objeto principal a conservação do património natural e cultural, a investigação florestal, a educação ambiental e as atividades turísticas e de lazer.

Floresta Unida

A parceria que a BP Portugal mantém com a Fundação Floresta Unida desde 2007 reforça a nossa política de cidadania empresarial numa das áreas que está no topo das nossas prioridades e com a qual estamos fortemente comprometidos – o ambiente. Recuperar e manter ecossistemas florestais é a missão da Associação Floresta Unida - organização sem fins lucrativos - que desde 2007 realiza um evento anual de envergadura nacional, que permite o desenvolvimento sustentável do património florestal nacional. 

Em 2015 a BP Portugal, através do trabalho voluntário dos seus colaboradores, voltou a participar no maior projeto de reflorestação sustentável a nível nacional que decorreu na Serra da Lousã e tem como objetivo a manutenção e plantação de 45.000 árvores.