Cais

BP Portugal renova Protocolo Abrigo com Associação CAIS

Nome: Associação CAIS
Categoria: Solidariedade Social
Público-alvo: os Sem-Abrigo
Data do início do projeto: 2002
A BP Portugal renovou no dia 30 de junho de 2015 o Protocolo Abrigo, que mantém com a Associação CAIS desde 2003. A renovação é válida para o biénio 2015 e 2016, e garante a continuidade do apoio a diversas iniciativas da Cais e ao seu projeto social numa altura em que, de acordo com os indicadores estatísticos mais recentes, a taxa de pobreza em Portugal passou de 17,9% em 2009 para 19,5% em 2013. 

 “O Projeto Abrigo é um investimento empresarial a longo prazo e uma aposta forte e clara no trabalho de capacitação e empregabilidade desenvolvido pela Associação CAIS, nestes últimos anos, a favor de uma sociedade mais livre, igual, fraterna e sustentável”, sublinha a CAIS no documento agora assinado, sublinhando que “são já muitos os que, ao longo de 20 anos, utilizaram as estratégias de inclusão promovidas pela Associação CAIS e conseguiram refazer as suas vidas, reganhando autoestima e exercício da sua cidadania, como continuam a ser muitos os que, neste momento, recorrem aos Centros CAIS do Porto e Lisboa para recuperarem a sua dignidade e autonomia”. 

A Associação CAIS tem como missão contribuir para o melhoramento global das condições de vida de pessoas sem casa/lar, social e economicamente vulneráveis, em situação de privação, exclusão e risco e oferecer, entre outras valências, um “Porto de Abrigo” aos que mais precisam, e ajudá-los a tornarem-se agentes ativos de mudança. 

A criação do Protocolo Abrigo, que contou com a adesão da BP Portugal desde o primeiro ano, em 2003, quando havia apenas cinco signatários, visa envolver o setor empresarial português nesta missão de modo a que a CAIS consiga responder com maior prontidão e eficiência às solicitações sociais. Atualmente são cerca de duas dezenas os mecenas que se comprometem a colocar ao dispor da Cais alguns dos bens e serviços das suas áreas de negócio, tal como a BP.

O apoio da BP Portugal a esta iniciativa integra-se na política de responsabilidade social da Companhia no âmbito da qual a mesma procura sempre contribuir para o desenvolvimento e bem-estar das comunidades nas quais está inserida bem como para a promoção de uma cultura de inclusão e de igualdade.