Alunos do ISCTE - março de 2012

Decorreu nos dias 28 e 29 de Março de 2012 o lançamento do BP Inside-Out na sede da companhia.

O lançamento contou com a presença de 5 estudantes do ISCTE Business School, os quais foram convidados por terem ganho o Desafio BP, no projecto Leadership Tournament, desenvolvido pela AIESEC com o patrocínio da BP.
Durante estes dois dias, os jovens Universitários enriqueceram os seus conhecimentos, quer pelo contacto directo com o presidente da companhia, quer pelo debate com os líderes das várias áreas do negócio dos Combustíveis. Tiveram a possibilidade de confrontar as suas ideias académicas com as iniciativas do mundo real dos negócios e perceber que as suas áreas de estudo estão na base de muitas das decisões que se tomam no dia a dia. Muitas vezes irreverentes, outras mais racionais, as perguntas foram sendo respondidas pelos diversos líderes do negócio e dessa forma as dúvidas foram desaparecendo. Este é um resultado positivo e que acaba por preencher uma das nossas expetativas iniciais.

No segundo dia, partiram da sede da companhia com destino à CLC (Companhia Logistica de Combustíveis), em Aveiras, onde tiveram oportunidade de observar directamente o lado operacional do negócio. Em Aveiras, puderam acompanhar o processo desde que os produtos chegam à CLC, passando pela preparação dos combustíveis finais, até ao seu carregamento nos carros tanque que os transportarão para os Postos de Abastecimento.

Foram estes os seus testemunhos, após estes dois dias...

Ana Passaporte, Estudante de Gestão de Marketing no ISCTE Business School

“Para um estudante universitário habitual e mesmo para alguém e que já tenha tido algum tipo de experiência profissional, o mundo empresarial é sempre algo que é um mito, algo ainda muito inatingível é, no fundo, uma realidade construída na base das expectativas e do imaginário que muitas das vezes são distorcidas daquilo que a realidade nos mostra. É muito nesse sentido que eu percepciono este BP Inside Out, é no sentido de possibilitar aos jovens uma percepção realista ou "quase" realista daquilo que é o mercado de trabalho; adjacente a isto, vem também uma tentativa de mostrar o mercado petrolífero e a BP aos participantes no programa. Para mim, é aqui que esta iniciativa se torna absolutamente enriquecedora, é aqui que se leva um refresh daquilo que é a realidade empresarial e é aqui, neste ponto, que se percebe o quão deturpada muitas das vezes é a nossa percepção das coisas que nos rodeiam. Este BP Inside Out para mim, foi sem dúvida, "um empurrão" para me tirar da inocência a que a minha falta de experiência me obriga. O ver como são tomadas algumas decisões; o ver problemas básicos e diários que se enfrentam; o percepcionar aquilo que é a rotina e mesmo o que não é rotina; o conheçer as opções, decisões e processos em termos do Marketing, Logística, Operacionalização, Gestão dos Recursos Humanos, Comercialização, entre outros; o conheçer pessoas especializadas e com vários anos de experiência com a simpatia, disponibilidade e abertura que nos foi apresentada faz-me ter uma visão completamente distinta, principalmente da BP. É com o maior orgulho que posso dizer que fiz parte de um projecto pioneiro da BP Portugal como o BP Inside Out e certamente que terei uma grande preocupação em fazer com que a minha network percepcione a BP e o mercado petrolífero como eu o percepciono neste momento.“

Nuno Moreno, Estudante de Economia no ISCTE Business School

“Antes de mais gostava de agradecer uma vez mais a oportunidade que nos deram e a simpatia com que nos receberam nas vossas instalações. Muito honestamente, conhecia muito mal o ramo petrolífero e a imagem que tinha da BP não era propriamente muito positiva. Muito devido aos acontecimentos no golfo do México e outras notícias que ocasionalmente andam pela televisão e internet, sobre os barões do petróleo e dos esquemas e relações de promiscuidade com Governos de legitimidade duvidosa e outras empresa do mesmo ramo. Acima de tudo é bom ver como aquilo que estudamos na escola é depois posto em pratica, as voltas que a teoria dá até ter alguma aplicabilidade no mundo real. Por outro lado a grande abertura com nos foi apresentado o negócio da BP, desde a parte da refinação ao retalho, passando pela logística, estratégias de vendas e marketing, havendo sempre espaço para o diálogo e para que pudéssemos saciar a nossa curiosidade até ao mais ínfimo dos pormenores. Pessoalmente diverti-me imenso e este BP Inside Out abriu-me definitivamente os olhos para muita coisa, tanto que depois desta experiência penso que me imaginava facilmente a trabalhar nesta BP, tanto pelo que vi a nível nacional como pelo vislumbre que tive do espírito e das oportunidades proporcionadas por esta empresa de dimensão mundial. Muito obrigado pela experiência que me proporcionaram e espero mesmo que tenham levado a nossa ideia a sério, tanto a BP como o nosso grupo teríamos imenso a ganhar.”

Francisco Esteves, Estudante de Finanças e Contabilidade no ISCTE Business School

“Estes dois dias no Inside-Out foram realmente uma grande experiência, o que mudou bastante a minha ideia sobre a BP e sobre o mercado dos combustíveis.

Acho que é um evento muito positivo, pois permite à BP estar em contacto directo com alunos universitários e por outro lado, permite-nos conhecer o mercado de uma outra forma e de como a BP opera nele. 

Considero também que estes dois dias, um passado na própria empresa e o segundo na refinaria, foram bastante interessantes e permite-nos ter outra perspectiva e conhecimento. 

Até então, tinha pouco conhecimento sobre a empresa, mas com tudo aquilo que nos explicaram fiquei bastante impressionado e tenho hoje uma nova perspectiva e claro uma muito melhor ideia sobre a BP e sobre o mercado dos combustíveis. 

Queria agradecer esta oportunidade, penso que foi algo muito gratificante e fiquei muito satisfeito.”

João Velez, Estudante de Finanças e Contabilidade no ISCTE Business School

"Todo o comum Português olha para a BP e vê uma maquina de fazer dinheiro que se alimenta da necessidade de deslocação das pessoas. Essa é uma opinião que eu compartilho com o comum mortal Português e não mudou porque no fundo constitui um facto. No entanto foi importante para mim perceber que a BP é mais que isso, pois a olear esta maquina que movimenta milhões estão um conjunto de pessoas extremamente competentes e inspiradoras que me conseguiram mostrar o quanto eu tenho a aprender e a evoluir. Obrigado pela oportunidade."

Rita Morais, Estudante de Gestão de Marketing no ISCTE Business School

“O BP inside out realmente superou todas as minhas expectativas! Foi uma oportunidade única que a BP nos proporcionou e que aumentou imenso o meu conhecimento não só do funcionamento interno de uma multinacional como também do mercado dos combustíveis. Para além de um dia dentro da empresa, que foi sem dúvida excelente, não teria sido a mesma coisa sem a fantástica visita ao CLC em Aveiras, posso dizer que fiquei fascinada! Adorei a recetividade e interesse que demonstraram em ouvir as nossas ideias, foi, sem dúvida, muito importante. Um dia que não vou esquecer e que de certa forma me fez crescer.”
O compromisso da BP é testemunhado pela participação do seu Presidente – Eng. Francisco Vieira – que recebeu os estudantes, partilhou com eles o modo de como gere a companhia e disponibilizou-se para responder a todas as questões relacionadas com o negócio da BP em Portugal. Estamos certos que estes dois dias ficarão na memória destes jovens que pela primeira vez presenciaram o dia a dia de uma Multinacional.