Os nossos trabalhadores e os nossos valores

Valorizamos a diversidade de pessoas e raciocínio e temos como objectivo tratar toda a gente na BP com respeito e dignidade

Os nossos valores que consistem na segurança, respeito, excelência, coragem e uma equipa, expressam  o que acreditamos, o nosso plano em termos de comportamento e o que ambicionamos representar, como uma organização. 

Os valores e os comportamentos que os reflectem, estão incluídos nos nossos processos de recrutamento, promoção e avaliação de desempenho individual. Eles espelham o que esperamos dos nosso trabalhadores e são reforçados através da nossa estrutura de remuneração, a qual estabelece a ligação entre a forma como os indivíduos são remunerados e como trabalhamos em grupo, em equipa e individualmente.

Angola

Ambiente de trabalho

Construímos um ambiente de trabalho positivo, onde as pessoas têm o espaço e apoio para mostrar o seu melhor desempenho e desenvolver as suas capacidades e experiência, em linha com as suas ambições. Os nossos valores e comportamentos, código de conduta, políticas e cultura, são elementos importantes no nosso ambiente de trabalho. Por exemplo, temos uma política de horário de trabalho flexível, que permite às pessoas conciliar a vida familiar e a vida profissional.  Oferecemos vários meios para os nossos colaboradores manifestarem as suas preocupações e queixas, que são examinadas minuciosamente. Tomamos medidas sempre que necessário. 

Recrutamento

As nossas previsões de recrutamento estão em conformidade com o aumento de actividades previsto em novas operações e projectos ou com a substituição de trabalhadores expatriados. A nossa necessidade de colaboradores angolanos qualificados e experientes continua elevada.Oferecemos um pacote competitivo e perspectivas de desenvolvimento de carreira atractivas. Os candidatos interessados podem aceder ao nosso website de carreiras e candidatar-se às vagas.website de carreiras

Capacitação dos nossos trabalhadores

Através da capacitação da nossa força de trabalho, ambicionamos criar um negócio sustentável em Angola e contribuir para o desenvolvimento nacional. De modo a manter o nosso crescimento, precisamos de atrair candidatos de boa qualidade e oferecer-lhes um percurso de desenvolvimento de carreira atractivo. Os nossos programas de desenvolvimento incluem cursos formais, instrução e orientação, missões de serviço e formação prática. O nosso objectivo é proporcionar aos participantes um conjunto de competências técnicas e oportunidades de desenvolvimento  adequadas às suas necessidades. 

Angolanização

Na BP, o nosso objectivo é que a força de trabalho represente as comunidades locais onde operamos. Os trabalhadores angolanos representam aproximadamente 70% da força de trabalho total baseada em Angola. As nossas actividades em Angola continuam a aumentar com grandes oportunidades para o desenvolvimento de carreiras. 

O programa de bolsas

Com o objectivo de desenvolver pessoal com o leque de conhecimentos necessário, implementámos um programa de bolsas, através do  qual damos assistência aos estudantes durante a universidade, tipicamente em disciplinas de engenharia. Durante os estudos, a equipa de desenvolvimento inicial realiza visitas regulares aos estudantes e seguimos  e monitoramos o seu progresso. Desde 2009, foram contratadas 32 pessoas que concluíram o nosso programa de bolsas nas disciplinas de  química, electricidade, mecânica, estrutural e engenharia de petróleo na Turquia, África do Sul, Estados Unidos e Reino Unido. Para além disso, aproximadamente 80 outros estudantes, também patrocinados pela BP, encontram-se em várias fases dos seus cursos de quatro anos em disciplinas de engenharia, com previsão de conclusão até 2017 e que irão contribuir para o nosso plano de recrumento de licenciados. Também patrocinamos estudantes de engenharia em Angola. 

O programa de técnicos offshore

Este programa oferece opções de estudo e formação vocacional para jovens angolanos que buscam desenvolver uma carreira na indústria de petróleo e gás. Os formandos frequentam um curso de inglês intensivo de 12 meses, seguido de formação vocacional de dois a três anos nas instalações da BP no Reino Unido, África do Sul ou nos navios da companhia. Cerca de 90% dos actuais técnicos angolanos nas duas instalações de produção da BP Angola, Grande Plutónio (no Bloco 18) e PSVM (no Bloco 31), são provenientes do programa de técnicos da BP. Mais de 200 formando concluíram o programa desde o seu início em 2001.

O programa Challenge

Em 2013, o programa Challenge no Upstream da BP, celebrou 20 anos, sendo o plano de desenvolvimento mais antigo na companhia. Direccionado para universitários e pós-universitários, com menos de três anos de experiência, o programa foi criado em 1993 para ajudar os licenciados a desenvolver as suas competências técnicas e profissionais. O programa, que é altamente estrutural e baseado em competências, cobre várias disciplinas, tais como engenharia, finanças, subsuperfície e poços. Oferece aos integrantes, experiência prática e cursos práticos para reforçar os conhecimentos na disciplina escolhida. Cada integrante do programa será submetido à três trabalhos de rotação, durante 3 anos. Cada trabalho de rotação fornece a experiência de campo ou operacional necessária.Os integrantes do programa também serão submetidos a até 20 dias de cursos de formação todos os anos, em conjunto com apoio, orientação, avaliações e feedback. No fim dos três anos, os integrantes poderão buscar várias oportunidades de carreira, desde posições de perícia técnica até posições de liderança. Actualmente, temos 75 integrantes do programa Challenge na região de Angola. 

South Africa