1. Home
  2. Notícias
  3. bp Angola contribui para a melhoria da saúde materno-infantil em Luanda

bp Angola contribui para a melhoria da saúde materno-infantil em Luanda

A bp Angola e a World Vision Angola (ONG) fizeram a entrega de equipamentos médicos, de laboratório e reagentes avaliados em $440 mil Dólares Americanos para 3 grandes hospitais em Luanda

A bp Angola e a World Vision Angola (ONG) fizeram a entrega de equipamentos médicos, de laboratório e reagentes avaliados em $440 mil Dólares Americanos para 3 grandes hospitais em Luanda, que irão beneficiar acima de 165 mil pessoas por mês que procuram apoio médico na área de saúde materno-infantil e má-nutrição.  O evento está inserido no projecto “mais e melhor saúde” em implementação desde 2018.   

Importância: Os equipamentos são oferecidos numa altura em que os hospitais verificam alguma escassez, sendo que os recursos do governo são em grande parte redireccionados para a pandemia do coronavírus, enquanto que outras endemias, tais como a má-nutrição, malária e febre amarela verificam um aumento de casos.       

 

Contexto: Co-financiado pela bp e pela World Vision em $950 mil e $410 mil Dólares Americanos respectivamente, o projecto com a duração de 3 anos e lançado em 2018, foi concebido para apoiar o Plano Nacional de Desenvolvimento Sanitário do Governo de Angola para o período de 2012 a 2025, possui também uma componente de capacitação para profissionais de saúde e de locais de trabalho.   


Joana Lina, Governadora da Província de Luanda, recebeu dos representantes da bp e da World Vision os kits de um lote contendo vários milhares de medicamentos, equipamentos de laboratório e hospitalares, que irão apoiar as comunidades de Cacuaco, Kapalanga e Samba.    

 

Agradecemos à bp e à World Vision por estes recursos e apelo a todos os representantes dos hospitais uma gestão exemplar, responsável e transparente. Os especialistas alertaram-nos que precisamos de aprender a viver com a pandemia do COVID-19, mas não nos podemos esquecer das outras doenças já existentes que podem sobrecarregar os hospitais se os mesmos não estiverem equipados com os recursos certos.   

- Joana Lina, Governadora da Província de Luanda  

 

Agradecemos às autoridades pela oportunidade e à bp pela confiança e parceria. Estamos contentes por fazer parte desta grande iniciativa de apoio à melhoria da saúde materno-infantil através deste programa ajudando os hospitais a estarem preparados para lidar com a demanda.

- Maria Carolina da Silva, Directora do Programa, World Vision Angola 

 

Hoje é um dia importante visto que alcançámos um grande marco na implementação do projecto com a entrega destes recursos, um indicador chave para o sucesso do projecto. Gostaríamos de agradecer às autoridades de saúde por identificar as necessidades destes hospitais. 

- Joyce José, Directora de Desenvolvimento Sustentável, bp Angola   

 

 

Para encerrar o evento, a Governadora enfatizou que “as autoridades de saúde devem periodicamente enviar dados sobre a eficácia do projecto aos doadores, como uma componente importante para garantir futuras doações de organizações internacionais, bem como o investimento na componente de formação que será oferecida aos profissionais de saúde de forma a melhorar a qualidade dos serviços prestados às comunidades’’.