Equipa de Monte de Caparica vence desafio final do BP Segurança ao Segundo 2018

Iniciativa realizou-se em Viseu no âmbito da Capital Jovem da Segurança Rodoviária

Os estudantes da escola EPED - Escola Profissional de Educação para o Desenvolvimento, de Monte de Caparica foram os grandes vencedores do Desafio Final do BP Segurança ao Segundo 2018 (BPSS). A iniciativa terminou na passada sexta-feira, dia 11 de maio, no Auditório Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viseu, cidade que este ano acolheu a iniciativa “Capital Jovem da Segurança Rodoviária”. 
A equipa Acidentados, sagrou-se campeã da final nacional do programa de prevenção rodoviária da BP, com o projeto “Velocidade Excessiva”, um dos cinco principais fatores de risco na sinistralidade rodoviária juvenil. A iniciativa destinada a futuros condutores, pretende não só sensibilizar os jovens, que participam no BPSS como também toda a sociedade. Para isso, a história vencedora foi transformada num spot publicitário que, em breve, vai passar na RTP.
As cinco equipas finalistas que estiveram em Viseu a representar os distritos de Leiria, Lisboa, Porto e Setúbal, tiveram oportunidade de experimentar um simulador de capotamento e receber formação sobre a correta forma de colocação do cinto de segurança e sobre as principais técnicas para se libertarem do mesmo numa situação de capotamento.
Para falar de segurança dentro e fora das pistas as equipas contaram com a presença de dois dos embaixadores do BPSS, os pilotos Miguel Oliveira e Miguel Barbosa, com este último a permitir que alguns alunos experimentassem andar com ele no carro que utiliza nas provas. Os dois pilotos entregaram ainda os prémios aos segundos classificado, a equipa New Team. Em representação de Salvador Mendes de Almeida, da Fundação Salvador e terceiro embaixador do BPSS, esteve Jorge Caetano que entregou os prémios à equipa Cone Laranja, os terceiros classificados. 
Um dos pontos altos da final do BP Segurança ao Segundo consistiu na gravação e edição de spots publicitários, acompanhados por profissionais da área, sobre os principais fatores de risco ao volante: excesso de velocidade, condução sob o efeito de álcool, uso do cinto de segurança, sonolência e cansaço ao volante e uso do telemóvel. 
 “Na BP Portugal acreditamos na política Zero Acidentes para as Pessoas, Bens e para o Ambiente. As metas a que nos propomos contribuíram para que fosse possível celebrar o ano passado 4 anos sem acidentes, acreditando que conseguiremos completar mais um ano sem acidentes. Este trabalho constante tem por base a máxima “Believe in Zero” que envolve uma forte aposta na prevenção e na gestão de risco em todos os projetos em que nos envolvemos”, sublinhou a Diretora de Marketing e Comunicação Externa da BP Portugal, Anabela Silva, destacando ainda que no âmbito desta política máxima de segurança, “a BP aposta na educação, formação e sensibilização, sendo o BPSS uma das faces visíveis desta estratégia. A segurança é uma responsabilidade coletiva, desenvolvemos diversas atividades para formar e sensibilizar a nível interno e, ao mesmo tempo, assumimos uma participação ativa na comunidade em que nos inserimos. Temos também uma forte componente educacional quer seja na nossa estratégia de responsabilidade social, quer seja em projetos na área da formação, para que possamos criar consciência a este nível junto das camadas mais jovens.”

O Desafio BP Segurança ao Segundo 2018 decorreu durante vários meses e estiveram envolvidos cerca de 300 alunos, a representar 54 equipas, de 20 localidades, correspondentes a 9 distritos. Após a fase de candidaturas e escolhidas as cinco equipas finalistas o passo seguinte foi a construção de um storyboard que serviu de base para produzir, realizar e protagonizar um anúncio publicitário. O spot vencedor vai ser transmitido na RTP. 

Desenvolvido em parceria com o Automóvel Clube de Portugal, a Fórum Estudante e a Associação Salvador, e com o apoio institucional da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e o Ministério da Educação, através da Direcção-Geral de Educação, o “BP Segurança ao Segundo” pretende envolver e sensibilizar jovens, futuros condutores, através da criatividade e do audiovisual, para as questões da segurança na estrada, nomeadamente o cumprimento das regras do Código da Estrada, e para a necessidade de estes adotarem comportamentos defensivos, com o objetivo de contribuir para a redução da sinistralidade rodoviária no nosso País. Este ano conta também com o apoio à organização do Município de Viseu e Instituto Politécnico de Viseu.
Com o lema “Porque na estrada todo o segundo conta!”, o “BP Segurança ao Segundo” já impactou desde a sua primeira edição, em 2012, quase 19 mil jovens e envolveu cerca de quatro centenas de escolas secundárias a nível nacional.