1. Home
  2. Sobre nós
  3. BP Portugal
  4. História

História

 
Desde 1929 em Portugal, a história da BP no nosso país é um espelho da postura do grupo no mundo inteiro: inovação e descoberta ao serviço da sociedade
A renovar o futuro desde 1929
Dos anos 80 ao início do século XX
O futuro visto a partir do ano 2000
Os próximos passos
Air BP, a nossa marca no céu
Prémios e distinções
A renovar o futuro desde 1929
 

Nascida como Companhia Portuguesa dos Petróleos Atlantic, a atividade da empresa em 1929 passava essencialmente pela comercialização e distribuição de lubrificantes.

A empresa surge a 21 de Janeiro de 1929, na altura enquanto Companhia Portuguesa dos Petróleos Atlantic. A atividade passava essencialmente pela comercialização e distribuição de lubrificantes, num mercado onde o parque automóvel do país era ainda de dimensões bastante reduzidas. Desde o seu surgimento, a BP tem vindo a assumir-se como pioneira nos segmentos em que opera, distribuição e comercialização de combustíveis, gás e lubrificantes, satisfazendo uma ampla gama de necessidades de energia em vários sectores de atividade económica. Um posicionamento que se materializou ao longo das décadas em vários momentos marcantes na história da empresa, nomeadamente o importante contributo da BP Portugal para a melhoria da qualidade de vida dos portugueses e para a dinamização do tecido empresarial do País, fundamentalmente através da quebra de barreiras, da mudança de paradigmas do setor energético, das boas práticas sociais e ambientais e acima de tudo por inovar na forma de pensar e agir. A BP é a primeira petrolífera multinacional a operar em Portugal e a segunda maior no mercado, tendo aberto em 1955 a primeira estação de retalho no país.
Dos anos 80 ao início do século XX

 

Um novo conceito de Posto, um novo combustível e várias movimentações estratégicas no mercado marcaram este período em que a BP se distinguiu em Portugal pela inovação e liderança.

No capítulo das infraestruturas e da oferta ao cliente a BP nunca parou de inovar e de liderar o mercado, sendo responsável pela criação do primeiro posto de abastecimento self-service em 1986. No ano seguinte a BP cria um novo conceito de posto dotado de uma loja no local de pagamento, a denominada BP Shop, que considerava três polos de venda distintos: os combustíveis, a lavagem e a loja, e disponibilizava ao público uma oferta variada de bens de primeira necessidade, como mercearias, congelados ou bebidas.

Decorria o ano de 1993 quando foi introduzida em Portugal da gasolina sem chumbo 98, pela mão da BP, e em 1996 concretizava-se a Joint Venture entre a BP e a Mobil, um importante marco nos negócios da empresa que, em 2001, anunciou a aquisição da Castrol Portuguesa passando a comercializar em Portugal as marcas Castrol.

O futuro visto a partir do ano 2000

 

Com o virar do século e com a mudança de milénio, a BP em Portugal virou também uma página importante da sua história: Em 2003 adota o nome pelo qual é atualmente conhecida - BP Portugal, SA e em 2011 torna-se a primeira empresa do Grupo BP a comercializar a nova fórmula Invigorate em toda a sua gama de combustíveis.

BP Portugal: Invigorate Launch

Na transição de milénio destacaram-se factos relevantes do percurso da BP em Portugal: foi inaugurado um novo conceito de Posto de Retalho, o quarto a nível da rede mundial de 25 000, quer em termos de oferta de produtos e serviços, quer de conservação de energia e proteção do ambiente; a certificação de qualidade ISO 9002 foi renovada e alargada a novas áreas de atividade; o lançamento em Lisboa, no âmbito do programa mundial “cidades mais limpas”, da primeira gasolina de baixo teor de enxofre comercializada em Portugal com reduções significativas nas emissões poluentes.

No virar do século a BP apresentou a sua nova imagem de marca, o Hélios, e lançou as bases para um ambicioso programa de rebranding a nível mundial, que mudou a face da empresa, em consonância com a política de valores do Grupo, orientada para a obtenção de resultados que permitam um crescimento sustentado, em termos financeiros, na segurança, no respeito pelo ambiente e na satisfação dos clientes, empregados e outros parceiros.

Após várias alterações de denominação como, Companhia Portuguesa dos Petróleos BP e, BP Portuguesa, é no ano de 2003 que a BP adota o nome pelo qual é atualmente conhecida - BP Portugal, SA. A empresa foi também pioneira na comercialização de dois tipos de gasóleo – Rodoviário e Ultra Diesel - e introduziu no país, no ano de 2004, a nova geração de garrafas de gás mais leves e mais fáceis de manusear.

Também no início do século XXI, a BP lança em Portugal os combustíveis de 2.ª e 3ª geração, consolidando um percurso conquistado com dedicação e espírito inovador. O lançamento do Invigorate, em 2011 - uma fórmula absolutamente inovadora que resultou de cinco anos de investigação no Global Fuel Tecnhonoly Center, em Bochum, na Alemanha - fez de Portugal o primeiro país a nível mundial a comercializar o Invigorate na sua gama de combustíveis da BP.

O envolvimento da empresa com a comunidade, através do desenvolvimento e participação em parceria em vários projetos na área da responsabilidade social e corporativa, tem sido uma das imagens de marca da BP Portugal. A BP foi uma das entidades fundadoras do GRACE, no ano 2000, tornando-se pioneira no nosso país, em conjunto com outras cinco empresas, na sensibilização do mundo dos negócios para a Cidadania Empresarial. A BP esteve, também presente no ranking das 20 melhores empresas para trabalhar no nosso país, tendo ocupado o 3º lugar, em 2001, o 10º lugar em 2002 e o 1º lugar em 2004, nesta lista elaborada pela revista Exame e pelo Great Place to Work Institute Portugal.

Os próximos passos

 

Perto dos 90 anos, e sem abrandar, a BP Portugal continua a entregar à sociedade produtos e serviços inovadores que desde sempre têm sido a nossa imagem de marca.

Amanhã, como ontem e como hoje, a BP Portugal continuará a apostar numa estratégia de inovação e de vanguarda, marcando a evolução do mercado nacional no sector em que opera, ao mesmo tempo que pretende manter um posicionamento de qualidade nos produtos que diariamente disponibiliza aos portugueses.

Esta certeza só é possível porque olhamos em frente com mais energia e com a ambição de continuarmos a fazer parte do seu mundo.

Air BP, a nossa marca no céu

 

Presente em Portugal desde 1956, a Air BP tem operações nos principais aeroportos e aeródromos nacionais e é parceira de várias entidades públicas e privadas.

A Air BP é a divisão da BP que comercializa combustíveis e produtos especiais de aviação. Presente em Portugal desde 1956, quando iniciou operações no Aeroporto de Lisboa, esta divisão tem atualmente atividade nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro, Ponta Delgada e Pico, nos aeródromos de Tires e Évora, estando também ligada a outros aeródromos e helipistas, através do fornecimento de combustível de aviação (Jet A1 e Avgas - ou gasolina de aviação) a granel às entidades que aí operam.

A Air BP em Portugal é também parceira de várias entidades públicas e privadas para a disponibilização deste tipo de produto, nomeadamente unidades de emergência médica, meios aéreos de combate a incêndios, agricultura, escolas de aviação e para-quedismo, entre outros.

Em todas as localizações em que está presente, à exceção do Porto, a Air BP em Portugal opera com meios próprios, e de forma independente, através da entidade Fuelplane, detida a 100% pela BP.

Prémios e distinções

 

Os combustíveis da BP Portugal foram distinguidos com o Prémio “Cinco Estrelas” 2018 na categoria de “Combustíveis Auto”. A Confiança na Marca, a Inovação e a Satisfação pela Experimentação foram os indicadores com resultados mais destacados na análise feita por mais de um milhar de consumidores aos combustíveis disponibilizados pela rede de Postos de Abastecimento BP em Portugal.

A BP Portugal foi a única empresa a concorrer com as gamas premium e simples, porque todos os seus combustíveis têm standards de elevada qualidade com formulações específicas e diferenciais. Tal é reflexo do investimento na inovação e na oferta de produtos diferenciadores e tecnologicamente avançados com o objetivo de oferecer as melhores opções a clientes e aos motores dos seus veículos.

No que respeita aos combustíveis premium, a BP tem atualmente disponível na sua rede os novos combustíveis BP Ultimate com tecnologia ACTIVE, que permitem percorrer, até mais 56 quilómetros por depósito*.

A nova tecnologia ACTIVE foi pensada e desenvolvida ao longo de cinco anos para contribuir “ativamente” para a limpeza do motor. Esta combinação de ingredientes especiais, baseada em tecnologia patenteada, foi desenvolvida e testada pelos cientistas da BP para oferecer a mais avançada ação anti sujidade. Mantém a “saúde” do carro, protegendo-o da acumulação de novos resíduos, proporciona uma maior economia de combustível e potencia o seu desempenho, ajudando-o a funcionar tal como o fabricante o idealizou.

No que respeita aos combustíveis designados combustíveis simples, a BP tem actualmente disponível na sua rede, combustíveis com formulações específicas, que permitem também nesta gama garantir standards de qualidade diferenciais relativamente ao restante mercado. Garantindo a BP deste modo a todos os seus clientes a qualidade que estes esperam numa marca de referência como a BP, Desatacando-se a BP mais uma vez no mercado, no que à qualidade do produto diz respeito.

A atribuição do “Prémio Cinco Estrelas” aos combustíveis da BP reforça a estratégia da empresa em Portugal na aposta de uma oferta inovadora e de qualidade, tanto nos produtos como em relação aos serviços prestados nos seus Postos de Abastecimento. De sublinhar, que a rede da marca foi distinguida em 2016 com o mesmo galardão pela sua qualidade.

O desafio em Portugal traduz-se igualmente num reforço da presença da marca através de um crescimento constante e sustentável da rede, atualmente com 420 postos de abastecimento a nível nacional.

*Válido para Gasóleo BP Ultimate com tecnologia ACTIVE. Testado em comparação com combustíveis em conformidade com as especificações definidas pela legislação em vigor (DL 89/2008, de 30 de maio, na sua redação atual). Os benefícios anunciados verificam-se em utilizações continuadas e podem variar de acordo com o estado do veículo, estilo de condução ou outros fatores.