Alumni Clube ISCTE - BP Portugal

Prémio 2015/2016

O desafio lançado aos alunos no âmbito do Prémio Alumni Clube ISCTE - BP Portugal 2016 foi o de projetarem um edifício de habitação unifamiliar com um balanço energético nulo (net zero energy building, NZEB).

O trabalho foi desenvolvido por equipas multidisciplinares de alunos do Mestrado Integrado em Arquitetura do ISCTE-IUL (unidade curricular de Arquitetura, Ambiente e Sustentabilidade) e do Mestrado Integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente da FCUL (unidade curricular de Simulação Computacional de Edifícios).
Os edifícios representam 40% da utilização de energia primária na Europa (30% globalmente), pelo que constituem um setor que condiciona de forma significativa a gestão da produção e da distribuição de energia. A melhoria da eficiência e a otimização dos perfis de consumo alteram padrões de consumo final e, deste modo, as tendências globais do mercado. O expoente máximo da eficiência energética no sector dos edifícios são os edifícios de balanço energético nulo (o objeto principal do trabalho dos alunos).

O significado do tema é explícito na Diretiva Europeia relativa ao desempenho energético dos edifícios (2010/31/EU) que impõe um balanço energético quase nulo para todos os edifícios novos construídos na UE a partir de 2020.

No contexto de cinco climas distintos em diferentes latitudes, e partindo do objetivo de atingir a máxima eficiência energética, cada projeto integrou arquitetura passiva, materiais sustentáveis e energia solar. Este conjunto de estratégias foi avaliado pela modelação e simulação dinâmica das propostas num processo que conduziu, em cada caso, à solução final para um edifício autosuficente do ponto de vista da energia. 

Para além da validação técnica, os trabalhos incluiram também uma análise simples da viabilidade económica do sistema.

Os trabalhos foram acompanhados pelo Prof. Vasco Moreira Rato (ISCTE-IUL) e pelo Prof. Guilherme Carrilho da Graça (FCUL), numa parceria inédita inter-universidades que proporcionou aos alunos o desenvolvimento de competências integradas (arquitetura e engenharia) para o projeto de edifícios sustentáveis com elevada eficiência energética.